Comunicação

Toninho Pratinha morre em fazenda da família

O empresário José Antônio Pratinha, o Toninho, de 58 anos, da empresa Prat’s, de Paranavaí/PR, morreu nesta segunda-feira (17). Ele foi encontrado morto em um dos pomares de laranja da família. A hipótese é de que ele tenha sofrido um infarto. O sepultamento aconteceu na manhã desta terça-feira, em Paranavaí.

Funcionários da fazenda informaram que Toninho trabalhava na hora em que morreu. Muito respeitado no setor citrícola, considerado um dos responsáveis pela expansão da citricultura no Paraná, sua morte causou comoção entre todos que o conheceram.

“Ele era um grande apoiador e incentivador das nossas pesquisas com cancro cítrico no Paraná. É uma enorme perda para a citricultura”, afirma o pesquisador do Fundecitrus Franklin Behlau.  

Ao lado do irmão José Gilberto e do primo Paulo, Toninho era considerado um dos principais produtores de laranja do Paraná. Ele deixa mulher e três filhos.