Pesquisa e Desenvolvimento

Pinta Preta

A pinta preta está presente em alta incidência nas regiões Leste, onde foi relatada pela primeira vez em 1992, no Centro e, mais recentemente, no Norte, onde se expandiu rapidamente e hoje atinge mais de 60% das plantas.

Os números mostram que a doença é favorecida tanto nas regiões mais úmidas e frias como nas mais secas e quentes. As regiões Sul e Noroeste têm incidências que variam entre 20% e 30% e a Oeste com mais de 10%.

A pinta preta tem estado sob a atenção dos citricultores porque atinge altas incidências e causa sérios prejuízos pela queda prematura dos frutos e pela restrição ao comércio internacional de fruta fresca. A cada ano os custos de produção aumentam em função de um número cada vez maior de aplicações de fungicidas.

Quantidade (%) de talhões contaminados

Veja mais arrastando o gráfico para os lados.
Talhões contaminados
Centro Norte Noroeste Oeste Leste Sul
2009 76.31 60.45 23.89 10.47 67.98 31.8
2010 63.6 43.82 23.14 12.17 75.2 32.71
2011 71.05 54.36 33.4 1.81 68.08 21.57
2012 67.6 63.14 35.65 12.21 47.12 28.31