Pesquisa e Desenvolvimento

Ortézia

A cochonilha ortézia, de acordo com os levantamentos amostrais, é a única com incidência menor a cada ano, saindo de 7,7% de plantas infestadas, em 2009, para 1,1%, em 2012. A redução é resultado de melhores estratégias de controle e do uso de inseticidas mais eficientes.

A tendência de queda foi verificada em todas as regiões. As maiores infestações desta praga foram observadas nas regiões Norte, Leste, Noroeste e Centro, enquanto nas regiões Sul e Oeste não foram encontradas plantas infestadas nos três últimos levantamentos.

Quantidade (%) de talhões contaminados

Veja mais arrastando o gráfico para os lados.
Talhões contaminados
Centro Norte Noroeste Oeste Leste Sul
2009 5.57 16.92 5.76 0 7.48 0.53
2010 3.54 2.57 3.18 0 7.67 0
2011 1.01 0 1.97 0 3.22 0
2012 0.77 0 3.46 0 2.52 0