Comunicação

Pior praga da citricultura, greening é ameaça à produção de laranja brasileira

greening é a pior e mais destrutiva doença da citricultura na atualidade. Originária na Ásia, foi identificada no Brasil pela primeira vez em 2004 e, desde então, tem causado destruição de pomares, prejuízo aos citricultores e colocado em risco os milhares de empregos ligados, direta ou indiretamente, ao setor citrícola brasileiro.

O greening afeta os pés de laranja e seus frutos, não oferecendo risco à saúde humana. No entanto, a laranja colhida de uma planta com greening tem sabor amargo e mais ácido que o normal, o que impossibilita a comercialização. O greening não tem cura, por isso é fundamental evitar a contaminação dos pomares – uma vez contaminada, a planta precisa ser erradicada.

Confira a notícia completa no porta G1. Clique aqui.