Comunicação

Pesquisador do Fundecitrus participa de Simpósio na China

O pesquisador do Fundecitrus Franklin Behlau participou de um Simpósio Internacional, no final de novembro, sobre o desenvolvimento da produção de laranja das variedades de umbigo na região de Ganzhou, no sul da China, maior produtor mundial de citros.

O evento foi realizado para apresentar o novo centro de pesquisas em citros do país, o “National Navel Orange Engineering Research Center”, que pertence a “Gannan Normal University”. Durante o simpósio, os pesquisadores apresentaram palestras e visitaram pomares e casas de beneficiamento de frutos de mesa.

O pesquisador Franklin Behlau apresentou palestra sobre a atual situação do controle de cancro cítrico em São Paulo, o avanço das pesquisas sobre a doença, os trabalhos desenvolvidos pelo Fundecitrus. Em visitas técnicas, ele conheceu os pomares chineses, que têm o HLB (huanglongbing/greening) e o cancro cítrico como seus principais problemas fitossanitários.

“A região produz laranja de umbigo, principalmente, para mesa e uma pequena escala é destinada à produção de suco. Os pomares são numerosos, porém pequenos.  A terra e as árvores de citros pertencem ao governo e cada citricultor é responsável por uma área de poucos hectares. A mão de obra é familiar e os tratos culturais e os tratamentos fitossanitários são pouco tecnificados”, conta o pesquisador.

O simpósio contou com a participação de pesquisadores de nove países incluindo Brasil, Uruguai, Argentina, Espanha, Estados Unidos, Tailândia, Austrália, Coréia do Sul e China.