Alerta Fitossanitário

Região Casa Branca - SP

O monitoramento conjunto de psilídeo na região de Casa Branca foi iniciado em julho de 2014, após um período de formação do grupo. O sistema está implantado atualmente em uma área de 21,5 mil hectares de plantio de citros, somando 9,7 milhões de plantas o que corresponde a 36,5% do total de árvores na região.

Trinta e oitos propriedades participam das avaliações quinzenais das armadilhas amarelas, além disso, o Fundecitrus checa a presença do psilídeo em 142 locais, formados por propriedades citrícolas, plantas de citros em quintais e áreas abandonadas em um total de 3.440 pontos monitorados.

 O grupo realiza pulverizações em conjunto e participa de reuniões com o objetivo de alinhar as técnicas de manejo do HLB, avaliar a eficácia das medidas tomadas e planejar novas ações. Na região foram realizadas 19 aplicações pelas propriedades que estão distribuídas por 19 municípios: Aguaí, Araras, Artur Nogueira, Casa Branca, Conchal, Cordeirópolis, Jaguariúna, Leme, Mococa, Mogi-Mirim, Mogi-Guaçu, Pirassununga, Porto Ferreira, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Rita do Passa Quatro, Santa Rosa de Viterbo, Socorro, Tambaú e Vargem Grande do Sul.

Notícias

O último Controle Coordenado Conjunto ocorreu de 26 de junho a 03 de julho de 2017.

Apoio